Canavieiros migrantes de Santo Amaro

por Vitor Ebel em 4 de maio de 2012

Na região de Santo Amaro da Purificação, Bahia, o fotógrafo brasileiro Antonio Mari produziu um projeto fotográfico sobre os trabalhadores migrantes de cana de açúcar. Na primeira fase do projeto, Antonio fotografa o processo da colheita de cana que ocorre entre os meses de outubro e fevereiro na região.

Os trabalhadores vêm de outros estados do nordeste do país como Piauí, Ceará e Pernambuco, para trabalhar nas colheitas de cana na região do Recôncavo baiano. Sua maioria é jovens trabalhadores analfabetos e humildes, que buscam o trabalho para conseguir pequenos ganhos para sustentar suas famílias. O fotógrafo busca olhares inesperados e diversas reações ao apontar sua câmera aos seus retratados. Antonio declara que este projeto não tem pretensões políticas ou de denúncia, busca unicamente retratar os canavieiros em seu ambiente de trabalho.

“Concentro meu foco no tipo físico, na interação entre eles e nas suas reações ao serem fotografados, ora com indignação, ora com surpresa e constrangimento, mas na maioria das vezes eu busquei capturar a divina bondade revelada nos olhos dessa gente humilde e trabalhadora.”

Antoni Mari estudou Comunicação Social na UFMG e tem mestrado em Fotografia pela Universidade de Nova Iorque. É especializado em assuntos etnográficos, atualmente divide seu tempo e trabalho entre Nova Iorque e Brasil, em projetos pessoais e comissionados.

antoniomari.com

Compartilhe:

autor do post

Vitor Ebel

Fotógrafo e estudante da Pós-Graduação em Fotografia da Univali, é colaborador do blog da revista Foto Grafia. Escreve sobre fotógrafos, ensaios e séries fotográficas nos mais diversos temas e assuntos, com a intenção de vagar pelo amplo universo da produção fotográfica a serviço da comunicação.

Deixe uma resposta

NEWSLETTER

Cadastrando seu e-mail você fica por dentro das novidades que envolvem a revista Foto Grafia e os principais destaques da cena fotográfica. A periodicidade de envio é moderada.