Chegadas e Partidas

por Vitor Ebel em 12 de junho de 2012

A lendária viagem ao longo da ferrovia Transiberiana (9289 km ligando a Rússia Européia ao Mar do Japão) sempre foi o desejo do fotógrafo dinamarquês Jacob Aue Sobol. Cruzando as florestas russas, o deserto da Mongólia e as montanhas de Pequim, o fotógrafo faz uma cansativa viagem de trem, afim de descubrir o que, para ele, era totalmente desconhecido. Criou, assim, este ensaio chamado Chegadas e Partidas.

As paisagens mudam constantemente diante de sua janela e, a cada parada, conhecia um novo povoado, uma nova cidade. Sob um olhar estrangeiro, Jacob fotografa paisagens, pessoas, crianças, homens e mulheres em seu habitat, onde vivem, sua terra. O fotógrafo declara não ser um vouyer e prefere se envolver e conhecer as pessoas que fotografa, essa sua característica e abordagem intimista é melhor detectada nas fotografias dos casais que conheceu, que aparentam nem se preocupar com a presença do fotógrafo.

Jacob nasceu no ano de 1976, em Copanhague, Dinamarca, é fotógrafo associado a agência Magnum. Formado pela Escola Dinamarquesa de Documentário e Fotografia, desenvolveu um estilo único e aplicado na fotografia preto e branco. Em 2006, foi viver e morar em Tóquio, Japão, por onde ficou durante 3 anos. Atualmente mora em sua cidade natal, trabalhando com projetos autorais e comissionados, no qual declara sempre sua necessidade de se comunicar e estar próximo as pessoas.

auesobol.dk

Compartilhe:

autor do post

Vitor Ebel

Fotógrafo e estudante da Pós-Graduação em Fotografia da Univali, é colaborador do blog da revista Foto Grafia. Escreve sobre fotógrafos, ensaios e séries fotográficas nos mais diversos temas e assuntos, com a intenção de vagar pelo amplo universo da produção fotográfica a serviço da comunicação.

Deixe uma resposta

NEWSLETTER

Cadastrando seu e-mail você fica por dentro das novidades que envolvem a revista Foto Grafia e os principais destaques da cena fotográfica. A periodicidade de envio é moderada.