Teatro em silêncio

por Vitor Ebel em 11 de julho de 2012

Roger Ballen é um grande fotógrafo, criticado por abordar os objetos fotografados de uma maneira bastante particular e, de certo modo incomum dentro da imagem fotográfica. Começou seus estudos e práticas na fotografia documental, mas ao longo dos anos se desinteressou por este gênero e iniciou a procura por sua própria estética e declara que foi com essa procura que ele realmente se conheceu. Ballen constrói através da fotografia realidades criativamente fabricadas, originadas de seu inconsciente e do inconsciente social contemporâneo. Utilizando a crença da credibilidade fotográfica perante aos espectadores, enraizada desde o surgimento da fotografia, o trabalho do fotógrafo questiona o real, o normal, sob um ponto de vista que é importante: ninguém realmente sabe o que é real ou o que é encenado.

Com sua câmera médio formato, o fotógrafo encurrala tanto os objetos fotografados quanto o espectador, prendendo todos à cena. Pessoas, animais, naturezas mortas, desenhos, instalações construídas para perturbarem o nosso próprio conceito de normalidade. Teatro em silêncio. Ballen produz fotografias para o espectador reagir e interpretar, apoiando-se na possibilidade da imagem envolver diferentes significados, uma colagem de figuras, espaços e tempos que não nos dão respostas, mas nos levam a questionar eles e a nós mesmos.

Ballen nasceu no ano de 1950, em Nova Iorque, há mais de 30 anos mora e trabalha em Joanesburgo, Africa do Sul. Produziu várias séries de obras que partiram do fotojornalismo até evoluírem para uma visão artística única, seu trabalho vem sendo exposto e representado por varias instituições e museus importantes do mundo.

rogerballen.com

Compartilhe:

autor do post

Vitor Ebel

Fotógrafo e estudante da Pós-Graduação em Fotografia da Univali, é colaborador do blog da revista Foto Grafia. Escreve sobre fotógrafos, ensaios e séries fotográficas nos mais diversos temas e assuntos, com a intenção de vagar pelo amplo universo da produção fotográfica a serviço da comunicação.

Uma resposta para “Teatro em silêncio”

  1. Pertubador, envolvente, surpereendente e inteligente.
    Tem que ter muita criatividade e tecnica para conseguir um resultado tão surpreendente.
    Adorei as fotos.

Deixe uma resposta

NEWSLETTER

Cadastrando seu e-mail você fica por dentro das novidades que envolvem a revista Foto Grafia e os principais destaques da cena fotográfica. A periodicidade de envio é moderada.